Elliott Smith
Strung Out Again



Leituras Recomendadas:


The Bible According to Mark Twain
+
Animal Behavior






a causa foi modificada
alexandre soares silva
estado civil
joão pereira coutinho
melancómico
voz do deserto



100nada
a aba de heisenberg
a origem das espécies
a sexta coluna
achoeu
adufe
amor em part-time
blogame mucho
bomba inteligente
contra a corrente
daltonic brothers
fábrica lumière
homem a dias
mar salgado
marretas
papoila procria
posto de escuta
a praia
quase famosos
rititi
senhor carne
theoldman








cinecartaz
guardian film
rotten tomatoes
nytimes movies
the film file
sight&sound
all story
filmfestivals.com
faber&faber film
eternal gaze
cineguia
icam



<








This page is powered by Blogger. Isn't yours?


terça-feira, novembro 30, 2004


Felizmente, acabou


Disse atrás que não comentaria a situação politica mas não consigo resistir. Comento não como entendido politico mas como cidadão. Hoje sinto um grande alivio. Nos últimos dois meses senti que Portugal caminhava para um fosso, e não conseguia explicar porquê. Não li relatório, artigos, ou crónicas, sobre a economia, educação, e outras áreas. Mas vi nos olhos das pessoas na rua, uma calma como nunca tinha visto. Não uma calma de conforto. Aquela que vi, foi a calma da derrota, de quem baixa os braços e deixa de lutar. Senti Portugal adormecer, entorpecer. Senti Portugal fugir. Pensei, seriamente, fugir pela primeira vez. Deixei de acreditar que o pais poderia retomar o rumo. Agora, a partir de hoje, não sei o que vai acontecer, quem vai perder, quem vai ganhar, quem vai manter, quem vai mudar, mas nunca tinha sentido o pais tão vivo, tão desperto. Aproveite-se esta oportunidade. Hoje olhei para a janela e o pais pareceu estar em fast-forward. Votos sinceros para que assim continue.








Google
WWW A Origem do Amor