Elliott Smith
Strung Out Again



Leituras Recomendadas:


The Bible According to Mark Twain
+
Animal Behavior






a causa foi modificada
alexandre soares silva
estado civil
joão pereira coutinho
melancómico
voz do deserto



100nada
a aba de heisenberg
a origem das espécies
a sexta coluna
achoeu
adufe
amor em part-time
blogame mucho
bomba inteligente
contra a corrente
daltonic brothers
fábrica lumière
homem a dias
mar salgado
marretas
papoila procria
posto de escuta
a praia
quase famosos
rititi
senhor carne
theoldman








cinecartaz
guardian film
rotten tomatoes
nytimes movies
the film file
sight&sound
all story
filmfestivals.com
faber&faber film
eternal gaze
cineguia
icam



<








This page is powered by Blogger. Isn't yours?


terça-feira, novembro 30, 2004


O papel dos blogues grandes


Acabo de chegar do café aqui da zona. Como qualquer café dos arredores de Lisboa, os clientes habituais percebem quase tanto de politica como eu. Frases são lançadas para o ar, não com certeza, mas quase como que para pôr à prova os modestos pensamentos. Reparei nos rostos das pessoas que olhavam as televisões e os comentadores. Quando a hipótese Cavaco Silva foi avançada senti que as pessoas ficaram perdidas. Lembram-se de Cavaco e, embora distante, não guardam dele grande memória. Pensam em Santana Lopes. Não o querem, sabem que não o querem. Será Cavaco uma alternativa a Santana, será a única? Vejo a preocupação e dúvida nas faces tensas. Depois ouvem Sócrates e, embora não o digam, percebem que o líder do PS não é forte. Queriam ter ouvido uma voz que os guiasse, mas todos repararam na “carta” António Vitorino. Sócrates por si só não conseguiu oferecer uma alternativa suficientemente credível e necessitou de tirar um trunfo da manga. Todos no café perceberam. Pela primeira vez, vejo as pessoas caladas, com medo do comentário e teoria fácil que o Português tanto gosta. As pessoas, desta vez, não percebem o que se passa, não percebem como agir. Nestes dois meses a palavra de ordem não será democracia mas sim demagogia. É necessário estar atento e combater essa forma de fazer politica que, para um povo confuso, pode soar a salvação, rumo, e liderança. Os blogues possuem um papel determinante nestas eleições. Esta será talvez a fase mais importante da blogosfera. Caberá a ela informar, comentar, explicar, e alertar. Tenho a certeza que hoje, os blogues mais mediáticos observaram os seus contadores disparar ainda mais. São leitores à procura daquilo que não encontram no discurso politico. As pessoas vão à procura de respostas.

Para os leitores do meu blogue, aqui vai a minha sugestão de leituras diárias nos próximos tempos: Abrupto, Aviz, Causa Nossa, Mar Salgado.

Para o Adufe (a acompanhar com um abraço): eu sou dos pequenos. Não ligues ao que eu digo.








Google
WWW A Origem do Amor