Elliott Smith
Strung Out Again



Leituras Recomendadas:


The Bible According to Mark Twain
+
Animal Behavior






a causa foi modificada
alexandre soares silva
estado civil
joão pereira coutinho
melancómico
voz do deserto



100nada
a aba de heisenberg
a origem das espécies
a sexta coluna
achoeu
adufe
amor em part-time
blogame mucho
bomba inteligente
contra a corrente
daltonic brothers
fábrica lumière
homem a dias
mar salgado
marretas
papoila procria
posto de escuta
a praia
quase famosos
rititi
senhor carne
theoldman








cinecartaz
guardian film
rotten tomatoes
nytimes movies
the film file
sight&sound
all story
filmfestivals.com
faber&faber film
eternal gaze
cineguia
icam



<








This page is powered by Blogger. Isn't yours?


sexta-feira, dezembro 03, 2004


Questionário


Luís Delgado: «O Presidente da República só pode demitir o Governo quando tal se torne necessário para assegurar o regular funcionamento das instituições democráticas, ouvido o Conselho de Estado.» Este é o artigo 195 da Constituição da República Portuguesa, em que o PR tem de se basear para fundamentar a sua extraordinária decisão. Qual era a instituição democrática que não estava a funcionar regularmente?
Resposta: Sim, talvez possas perder o emprego.

Luís Delgado: Qual a situação grave, muito grave, que gerou esse bloqueio institucional, que levou o PR a decidir pela dissolução, a interromper uma legislatura e a desfazer uma maioria absoluta? Nem Soares se atreveu a tanto, com Cavaco.
Resposta: Talvez ajude enviar um currículo ao Inimigo Público . O estilo de escrita é igual ao teu.

Luís Delgado: Que Governo, em apenas quatro meses, e assumindo funções inesperadamente, está na plenitude das suas capacidades, ou com suficiente caminho andado, e maturidade governativa, para poder ser avaliado de uma forma tão explosiva?
Resposta: Vá, não sejas tão mimado. O importante é não entrar em pânico. Sentas-te com um bloco e uma caneta e fazes uma lista de locais que te possam acolher.


Luís Delgado: Das condições colocadas pelo PR em Julho, na economia, defesa e política externa, qual é que foi gravemente distorcida, ou violada, para Sampaio se precipitar? Sendo consensual que a Defesa e os Negócios Estrangeiros estão tranquilos, só resta a explicação da Economia e Orçamento. Espantoso, então, que o PR queira o OE de 2005 aprovado, e que esse argumento se aplique num país cujo PIB em 2004 pode crescer até 1,5 por cento.
Resposta: Mas é difícil porquê? Com determinação não existem impossíveis para o homem! Olha, vou-te emprestar um livro do Kahlil Gibran.

Luís Delgado: Qual foi, afinal, o factor de instabilidade? Belém ou São Bento? Quem é que mandava recados, permanentes, de dissolução iminente? Quem pode governar assim?
Resposta: Já estou a perder a pachorra Luís! Se não queres ser ajudado então ajuda-te a ti próprio... o quê? Dá mau resultado? ... Tu lá sabes.








Google
WWW A Origem do Amor