Elliott Smith
Strung Out Again



Leituras Recomendadas:


The Bible According to Mark Twain
+
Animal Behavior






a causa foi modificada
alexandre soares silva
estado civil
joão pereira coutinho
melancómico
voz do deserto



100nada
a aba de heisenberg
a origem das espécies
a sexta coluna
achoeu
adufe
amor em part-time
blogame mucho
bomba inteligente
contra a corrente
daltonic brothers
fábrica lumière
homem a dias
mar salgado
marretas
papoila procria
posto de escuta
a praia
quase famosos
rititi
senhor carne
theoldman








cinecartaz
guardian film
rotten tomatoes
nytimes movies
the film file
sight&sound
all story
filmfestivals.com
faber&faber film
eternal gaze
cineguia
icam



<








This page is powered by Blogger. Isn't yours?


domingo, junho 19, 2005


Finalmente, uma corrente


Nunca gostei destas correntes de perguntas nos blogues porque nunca chegavam a mim. Foi então que alguém se lembrou que este blogue existe e gentilmente perguntou. Depois de pensar durante quinze segundos resolvi aceitar. O conceito, o estilo, e a estética que se lixem. Fui convidado para a festa e vou.

1. (Alguns) melhores filmes dos últimos anos:
Magnolia, 25th Hour, Big Fish, In the Mood for Love, Unforgiven, Bringing Out the Dead, Adaptation, Closer, Hedwig and the Angry Inch

2. Filme da vida:
Close Encounters of the Third Kind

3. Actores com pujança:
Clive Owen, Mark Ruffalo, Philip Seymour Hoffman, Daniel Day-Lewis, Robert Duvall, Robert De Niro, Donald Sutherland, Jack Nicholson, Steve Buscemi, Bill Murray

4. Actrizes de mão cheia:
Julia Roberts, Uma Thurman, Anne Bancroft, Emma Thompson, Nicole Kidman, Julianne Moore, Annette Bening, Diane Lane

5. O meu musical:
My Fair Lady

6. Realizadores com R grande:
Billy Wilder, Stanley Kubrik, Phillip Kaufman (depois perdeu-se), Spike Lee, Martin Scorsese (depois de Bringing Out the Dead também se perdeu), Milos Forman, Steven Spielberg (ao contrário do que muitos afirmam, nunca se perdeu), Clint Eastwood, Paul Thomas Anderson (inteligente demais para se perder)

7. Passo este testemunho a:
Ao Nuno que vai ficar em pânico para não estragar o “conceito” do blogue e a engolir em seco por rejeitar, ao Rui que tanta simpatia mostra por este blogue, e ao Besugo como recompensa por não o ter nomeado há uns meses atrás.

E para quem estiver a preparar-se para mencionar o facto de aqui só existir praticamente língua inglesa, deixo o mesmo conselho do post anterior: Descontraiam, olhem pela janela, e vejam como o dia está bom para passear.








Google
WWW A Origem do Amor